Página Inicial Bloguinho O que é e como se forma o solo?
  


O que é e como se forma o solo? O que é e como se forma o solo?

Ao longo da história da humanidade, o homem sempre conviveu com o solo. No começo, ele apenas colhia os produtos da terra. Depois, teve que aprender a cultivar a terra para obter seu alimento. Para o homem o solo é um recurso tão importante quanto o ar e a água: a vida não existiria sem a nossa maior fonte de produção de alimentos. Mas, afinal, o que é o solo?

O solo é o resultado de um paciente trabalho da natureza. Partículas (minerais e orgânicas) vão sendo depositadas em camadas (horizontes) devido à ação da chuva, vento, calor, frio e os organismos (fungos, bactérias, minhocas, formigas e cupins) que vão desgastando as rochas de forma lenta no relevo da terra. Para se ter uma ideia, são necessários cerca de 400 anos para se formar 1 centímetro de solo. Como explica a ilustração abaixo:


Processo para formação do solo

Foto: processo para formação do solo


No solo existem os elementos minerais essenciais às plantas, os quais precisam atender a dois critérios de essencialidade:

1- Direto: o elemento tem que participar de algum composto ou de alguma reação, sem a qual a planta não vive;

2- Indireto: o elemento não pode ser substituído por nenhum outro.

Os elementos essenciais presentes nos solos chamados macronutrientes (N, P, K, Ca, Mg e S) são exigidos em maiores quantidades pelas culturas em quilogramas/hectare. Já os elementos chamados micronutrientes (B, Cl, Cu, Fe, Mn, Mo, Zn, (Si) e (Ni)) são exigidos em menores quantidades pelas culturas em gramas/hectare.
 
A maioria dos solos tropicais, em função principalmente do clima, apresentam-se com níveis de acidez de médio a alto (pH em água < 6,0) e com baixos teores de elementos essenciais.

Devido à maior demanda desses nutrientes pelas culturas em função do surgimento de variedades de plantas com maior potencial produtivo, cresce muito a importância do monitoramento dos elementos essenciais no solo. Isso é de grande importância para que haja o fornecimento desses nutrientes, quando deficientes, via correção do solo e adubações corretivas e de manutenção.
 

Francisco de Brito Melo, Pesquisador da Embrapa Meio Norte.
 




Agora responda à pergunta:
Você sabe quais os elementos essenciais para o desenvolvimento da planta no solo?


Onde pesquisar:



 Pesquisa Google



 

Nome:


Digite sua resposta no campo abaixo:








Postado por Embrapa Meio-Norte em 11/09/2013 09:08





COMENTÁRIOS:


Por Flávia em 14/05/2016 14:56

1- Direto: o elemento tem que participar de algum composto ou de alguma reação, sem a qual a planta não vive;

2- Indireto: o elemento não pode ser substituído por nenhum outro.

Os elementos essenciais presentes nos solos chamados macronutrientes (N, P, K, Ca, Mg e S) são exigidos em maiores quantidades pelas culturas em quilogramas/hectare. Já os elementos chamados micronutrientes (B, Cl, Cu, Fe, Mn, Mo, Zn, (Si) e (Ni)) são exigidos em menores quantidades pelas culturas em gramas/hectare.

A maioria dos solos tropicais, em função principalmente do clima, apresentam-se com níveis de acidez de médio a alto (pH em água < 6,0) e com baixos teores de elementos essenciais.

Devido à maior demanda desses nutrientes pelas culturas em função do surgimento de variedades de plantas com maior potencial produtivo, cresce muito a importância do monitoramento dos elementos essenciais no solo. Isso é de grande importância para que haja o fornecimento desses nutrientes, quando deficientes, via correção do solo e adubações corretivas e de manutenção.


Por Valdir Oliveira de Araújo em 28/12/2015 18:54

macronutrientes (N, P, K, Ca, Mg e S)
micronutrientes (B, Cl, Cu, Fe, Mn, Mo, Zn, (Si) e (Ni))


Por ANA em 01/06/2015 17:33

MUITO BOM A EXPLICAÇÃO


Por tw em 25/05/2015 22:00

Devido à maior demanda desses nutrientes pelas culturas em função do surgimento de variedades de plantas com maior potencial produtivo, cresce muito a importância do monitoramento dos elementos essenciais no solo.
Voltar para página anterior