Página Inicial Bloguinho Rastreabilidade bovina
  


Rastreabilidade bovina Rastreabilidade bovina

A rastreabilidade é feita por meio de um chip eletrônico colocado no boi, que pode ser externo - acoplado a um brinco -  ou interno - inserido no rúmen (estômago) do animal. Esse chip vai carregar toda a informação de vida do bovino, sua origem, alimentação, manejo de vacinação, etc., cujos dados são alimentados por um programa de informática específico. A leitura dos dados é feita por meio de um sistema instalado, geralmente, no curral, que identifica o animal quando este está presente.

 

Saiba mais acessando o site da Embrapa Gado de Corte!

 

 



Fonte: http://www.cnpgc.embrapa.br/


Agora responda à pergunta:
Você sabia que o boi tem certidão de nascimento?


Onde pesquisar:

Embrapa Gado de Corte




 Pesquisa Google



 

Nome:


Digite sua resposta no campo abaixo:








Postado por Embrapa Gado de Corte em 01/04/2011 11:44





COMENTÁRIOS:


Por Kayque Oliveira de Almeida em 08/04/2011 14:46

Olá, sou aluno da escola Agrícola de Campo Grande e vem através deste agradecer pelo grandioso trabalho da Embrapa em relação á este blog pois será de grande proveito para o nosso desenvolvimento como técnico em Agrapecuária.


Por Willian Vaniel-Escola Agrícola em 08/04/2011 14:34

Olá, bom dia!
Sou aluno da ecola agrícola de campo grande, e queria lhes agradecer pelo grandioso trabalho feito.
O bloguinho, com certeza,irá auxiliar muito os nossos aluno que, com certeza, receberão esse trabalho com muito carinho!!!


Por ALEXANDRE em 08/04/2011 12:59

O chip tem tecnologia própria?


Por suzana em 05/04/2011 23:18

sim eu sabia porque se nao elas se mensturao com outras especies deles.


Por Marizinha Fonseca em 01/04/2011 17:34

Pode colocar chip em cachorro?
Por Embrapa Gado de Corte em 01/04/2011 18:11

Olá Marizinha. Sim, o cachorro também pode ter chip.Entre os criadores de cães de raça, a implantação do chip tem uma justificativa extra: evitar o uso fraudulento de pedigrees.
Uma vantagem do chip é que, ao contrário da coleira, ele não pode ser removido. A cápsula é injetada com uma agulha na "nuca" do animal -feita de um tipo especial de vidro, ela possui o tamanho de um grão de arroz e não gera rejeição no organismo.
Voltar para página anterior