Página Inicial Bloguinho Pintando com tinta de solo
  


Pintando com tinta de solo Pintando com tinta de solo

As rochas, sob ação do clima (chuva, vento, sol e temperatura) e com influência do relevo (planícies, morros, montanhas e vales), dos macro e microrganismos (animais e vegetais) e durante centenas, milhares ou milhões de anos, vão sofrendo transformações e diminuindo de tamanho.

Essa transformação, também chamada de intemperismo, continua até os grãos alcançarem tamanhos bem pequenos chamados de areia, silte e argila, que é a fração mineral do solo. A outra fração é a matéria orgância, que se origina pela decomposição dos organismos animais e vegetais, após sua morte. Dessa forma, são originados diversos tipos de solos, com muitas características diferentes entre si. Por exemplo, os solos podem ter várias cores como vermelho, amarelo, laranja, marrom, preto, cinza, branco e, algumas vezes, azulados ou esverdeados.

Também podem ser arenosos, argilosos ou de textura média, rasos ou profundos, com ou sem pedras/rochas no interior ou na superfície, secos ou alagados, férteis ou pobres em nutrientes, ou com diferentes teores de matéria orgânica (húmus), etc.

Os solos são muito importantes em nossa vida. Deles dependem todas as atividades agropecuárias, como a produção de alimentos, fibras, madeira, e criação de animais: grãos (milho, arroz, feijão, trigo, soja, amendoim), café, frutas, hortaliças e legumes, algodão, carne, leite, ovos, flores, árvores, etc. Sem falar na indústria da construção (areia, tijolo e telha) e na conservação das florestas, rios, lagos, enfim, toda a biodiversidade.

Além de sua importância na agricultura, na construção civil e para o meio ambiente, os solos também podem produzir arte como, por exemplo, as esculturas e cerâmicas em argila. Servem também como matéria-prima para a confecção de tinta. Isso mesmo, tinta de solo.

Vamos aprender a fazer a tinta de solo para pintar em papel? Pegar um pouco de terra com cores diferentes (1 kg de cada cor) e colocar para secar ao sol. Depois de seco, destorroar e peneirar. Não usar areia, pois ela não “solta” tinta.

Para preparar a tinta que será usada sobre papel, deve-se misturar 2 partes de terra peneirada, 2 a 3 partes de água e 1 parte de cola branca (escolar) – pode usar uma colher de sopa como medida. Mexer bem. Caso a tinta fique um pouco grossa, colocar mais um pouco de água. Depois de pintar é só colocar para secar. Agora é só escolher o motivo e colocar a mão na massa, isto é, no pincel. Boa diversão!!!
 

Informações mais detalhadas podem ser obtidas em:

http://www.cnps.embrapa.br/solosbr/pdfs/doc123_2010_tinta_de_solo.pdf
 

 



Fonte: http://www.cnps.embrapa.br/publicacoes/pdfs/doc123_2010_tinta_de_solo.pdf


Agora responda à pergunta:
Você já viu solos com cores diferentes na natureza?


Onde pesquisar:

www.cnps.embrapa.br/solosbr/pdfs/doc123_2010_tinta_de_solo.pdf




 Pesquisa Google



 

Nome:


Digite sua resposta no campo abaixo:








Postado por Embrapa Solos em 07/04/2011 10:45





COMENTÁRIOS:


Por NIcolas em 19/08/2013 11:14

Sim.Begge


Por priscila barros da paixão em 25/10/2011 00:14

não
Por Embrapa Solos em 25/10/2011 16:36

Olá Priscila, como vai? Pois é, agora que você sabe da grande diversidade de cores dos solos brasileiros, é só coletar um pouquinho e começar a se divertir pintando com as belas cores que os solos nos oferecem.

Abraços, Claudio Capeche.


Por truco em 10/06/2011 17:02

maneira boa de pintar, utilizando recursos da natureza!!!!!!
Por Embrapa Solos em 10/06/2011 21:08

Olá Truco, realmente, sabendo-se utilzar os solos respeitando suas aptidões naturais, o ambiente os seres humanos, bem como os animais só tem a ganhar. Tanto na arte como nas atividades cotidianas.
Abraços, Claudio Capeche.


Por LUCAS DE ARAUJO em 08/04/2011 12:41

Oque pode ser tingido com a tinta do solo?


Por Alexandre em 07/04/2011 13:56

Sim na minha fazenda no Rio de Janeiro
Por Embrapa Solos em 19/06/2012 11:55

Legal, visite outras páginas no nosso site, você vai gostar. Um abraço.
Voltar para página anterior